Ocorreu um erro neste gadget

quinta-feira, 30 de setembro de 2010

Música on line 2

Música on line já foi tema aqui e em outros posts mas vira e mexe alguém me pergunta como faço para ouvir música pela internet, portanto aqui vão alguns dos meus artifícios.

As rádios tradicionais já perceberam o potencial da rede mundial de computadores e disponibilizam a sua programação on-line.

Dessas rádios sigo a Brasil 2000 FM , a Kiss FM e a Cidade Web Rock (que não sei se existe fisicamente, mas o formato é de rádio tradicional).

Um formato mais personalizado é o usado pela LastFM. Já falei sobre esse formato aqui. O diferencial atual é que depois de um tempo você tem que pagar, então...

Curte uns shows ao vivo? Então vá até o Wolfgan’s Vault. Lá você encontrará apenas shows são de artistas das antigas, mas vale a pena a conferida. É só clássicaço!

Você assiste muitos clipes pelo Youtube? Que tal fazer um playlist desses seus vídeos preferidos e colocá-los para tocar um após o outro? É isso que o Streamdrag faz para você.

Uso também o Sonora do portal Terra, mas ultimamente não estou muito atuante para dar explicações mais detalhadas. Mas é uma opção interessante.

Bem, de cabeça esses são meus meios favoritos de ouvir bons sons pela net.

Abraços!

segunda-feira, 20 de setembro de 2010

Não aguento mais festivais

"Não agüento mais correr de um palco para o outro vendo shows curtos, em que as bandas parecem perdidas no meio de tantos logotipos.

Não aguento mais ficar de pé por cinco horas no meio de uma multidão.

Não agüento mais áreas vips."


As palavras não são minhas, mas sintetizam meus pensamentos atuais sobre grandes festivais de música.

Leiam

http://andrebarcinski.folha.blog.uol.com.br/arch2010-09-19_2010-09-25.html

sábado, 18 de setembro de 2010

Rebel Meets Rebel


O heavy metal americano tem muito de música country. Aliás, todo o rock verdadeiramente americano tem um pouco de country em suas origens. É a base do som vindo dos EUA.

Bem, dito isso, antes da precoce morte do fantástico Dimebag Darrel, ele e outros dois integrantes do Pantera, Vinnie, seu irmão baterista e Rex, o baixista, juntaram-se ao cantor porra louca de country David Allan Coe e gravaram o que podemos chamar de álbum country metal. Tanto a banda quanto o álbum tem o mesmo nome REBEL MEETS REBEL.

Ficar aqui divagando sobre o som é uma tremenda besteira. Resumindo em uma frase é como se Willie Nelson estivesse tocando com a banda doc capeta.

Já imaginou Sepultura com Chitãozinho e Xororó? Ai, deu dor de barriga....

http://search.4shared.com/q/BFADAw/1/rebel+meets+rebel


segunda-feira, 13 de setembro de 2010

Clássico do Dia - Peter Frampton - Black Hole Sun

Clássico duas vezes.

Um dos maiores guitarristas de todos os tempos (Frampton), recriando um dos maiores clássicos dos anos 90 (Black Hole Sun - do Soundgarden)

Delícia!

quinta-feira, 9 de setembro de 2010

Íbis - O pior time do mundo tem o melhor hino!

Hardcore,

Ai se todos os hinos de futebol fossem assim.

Muito louco!

Sabedoria

As origens da sabedoria

De onde vem a sabedoria? E o que realmente significa o saber?

Ao invocarmos a palavra sabedoria logo nos vem a mente pessoas velhas, quase monges, ermitãos.

Mas o que impede de um jovem ser sábio?

Sua pouca experiência de vida?

Ou a inquietude da idade que se traduz em atos e palavras ao vento, sem objetivo e propósito?

Ou o modo como olhamos as atitudes do jovem, denegrindo e desmotivando qualquer tentativa de mostra do seu saber, da sua experiência adquirida.

Os sábios sentem medo do novo? Do inesperado?

É engraçado como tenho visto diversos músicos antes colocados no pau de arara e que agora estão alçados a condição de gênios, sábios. A música deles continua a mesma, só está mais velha, escaldada pelo tempo.

Geralmente essa distorção de pensamento se dá pela crítica especializada. O público em geral olha com muita precisão o seu artista e dá o crédito corretamente quando sabe da genialidade, mesmo que oculta, do seu mestre.

Ok, nem sempre o gosto do público se traduz em qualidade, mas se olharmos para trás veremos que valores estabelecidos fizeram com que Beatles e Rolling Stones patinassem no início, e a sabedoria rebelde, quase anárquica daquela geração nos trouxe até aqui.

Tudo que nos tira da rotina, que nos força o raciocínio, tem  como poder imediato a nossa repulsa e nos força a criar barreiras que nos distanciem de tal novidade.

Nos resta então abrir a porta do SABER e nos imaginar dentro desse novo mistério, da novidade, do poder que está nos rodeando e que mais no futuro pode ser o velho novo.

quarta-feira, 8 de setembro de 2010

Yuto Miyazawa & Ozzy Osbourne - Crazy train

Minha esposa me deu a dica passada no ar pelo titio Marco Antonio.

Fui atrás e me espantei não pela técnica do garoto, temos muitos como ele mundo afora. O que me chamou a atenção é ele dividir o palco com Ozzy e não tremer!  O moleque foi pra cima!

Só a inocência dos seus 9 anos (agora 10) para explicar tamanha confiança.

Divirta-se

quarta-feira, 1 de setembro de 2010

Clutch


A qualidade nem sempre vem acompanhada da quantidade.

Na verdade, a quantidade a maioria das vezes desvirtua a qualidade.

O Clutch não é uma banda de quantidade.

Nunca emplacou no gosto popular, mas mesmo assim, continua nos brindando com ótimas composições, cheias de vigor, inteligência e peso.

Estão juntos desde os anos 90. Flertaram com o sucesso e voltaram ao underground. Não se abateram, continuaram seguindo seu som e com isso ganharam uma massa de fiéis seguidores que levantam a bandeira da banda.

Para apreciar com gosto a banda recomendo um pouco de conhecimento do inglês para acompanhar as letras sempre bem sacadas.

Uma banda de qualidade.

Mais informações,




Um aperitivo