Ocorreu um erro neste gadget

terça-feira, 30 de março de 2010

Freak - Susan Boyle e Rage Against The Machine

Freak!!!

Zack de la Rocha, vocalista do Rage Against The Machine, convidou a cantora Susan Boyle para um dueto na música “Killing In The Name”. De acordo com Zack “Susan é uma ótima cantora e pode colocar sua voz em qualquer música”.

Para quem ficou fora da galáxia nos últimos anos, esse é o Rage Against The Machine


E essa é Susan Boyle


No mínimo freak!

Slash and friends _ ATUALIZADO!



Mais Slash.

O guitarrista está lançando seu primeiro disco solo e surpreendeu chamando artistas tão diversos como: Adam Levine (Maroon 5), Lemmy Killmister (Motorhead), Fergie (Black Eye Peas) entre outros...

Pela prévia ouvida no blog do Maia http://blogdomaia.blog.uol.com.br/ , o resultado é extremamente positivo.

É isso aí! Bola pro mato que o jogo é de campeonato.

Segue abaixo a lista das músicas:

1. Ghost (Ian Astbury/Izzy Stradlin) 3:34
2. Crucify The Dead (Ozzy Osbourne) 4:04
3. Beautiful Dangerous (Fergie) 4:35
4. Promise (Chris Cornell) 4:41
5. By The Sword (Andrew Stockdale) 4:50
6. Gotten (Adam Levine) 5:05
7. Doctor Alibi (Lemmy Kilmister) 3:07
8. Watch This (Dave Grohl/Duff McKagan) 3:46
9. I Hold On (Kid Rock) 4:10
10. Nothing To Say (M. Shadows) 5:27
11. Starlight (Myles Kennedy) 5:35
12. Saint Is A Sinner Too (Rocco De Luca) 3:28
13. We're All Gonna Die (Iggy Pop) 4:30

http://www.slashonline.com/


http://www.myspace.com/slash


http://pt.wikipedia.org/wiki/Slash_&_Friends

Go Slash, Go!


LINK PARA DOWNLOAD DO DISCO COM BÔNUS

segunda-feira, 29 de março de 2010

Voltar a sentir o prazer de tocar


Conforme o tempo foi passando, minhas responsabilidades foram aumentando e o MEU tempo livre foi ficando cada vez mais curto. E com isso quem sofreu, além de minhas pessoas queridas, foram os meus instrumentos.

Meu, violão, minha guitarra, meu ampli e meu pedal de efeitos pareciam me olhar e quase pedir para tocá-los, mesmo sabendo que deles sairiam mais barulho do que propriamente música.

Mas já faz um tempo que consegui de novo um pouco de folga, passo um bom tempo livre agora e descobri um vírus muito do desgraçado, a preguiça...

Nunca tive a mente boa para guardar acordes e letras, mas nunca fui de deixar de procurar uma tablatura ou cifra de uma música que eu ouvi e gostei. Pois nesses meses que já se seguem estava totalmente desmotivado e preguiçoso para simplesmente clicar na net e googar algo do tipo.

Perceberam que digitei estava desmotivado? Pois é, estava porque hoje aconteceu algo muito maravilhoso.

Fazendo o post sobre o Liam resolvi listar, de cabeça, dez músicas do Oasis, de bate-pronto. Delas fiz uma lista e botei pra tocar.

Podem criticar o Oasis, mais precisamente Noel, de qualquer coisa mas as músicas que ele faz grudam na cabeça, nos fazem assobiar e, quem toca, faz com que você corra para o violão e dedilhe seus acordes fáceis, mas majestosos, suas frases simples, mas que acertam em cheio o coração e a alma de quem as escuta.

Obrigado Oasis, por trazer de volta o prazer de arranhar as cordas da guitarra, de ouvir o zunido do amplificador e de sorrir depois de conseguir seguir à risca um solo de vocês (mesmo que tudo isso tenha sido dentro de um quarto, de portas fechadas e com os fones no ouvido – Já são quase meia noite!)

Abraço!

E Liam não deixa barato

Esses garotos e seus caprichos....

Liam não ia ficar fora dos holofotes depois que seu irmão apresentou-se com competência no Royal Albert Hall. Espero que, como disse no post anterior, possamos ter duas formidáveis bandas para admirar...

http://musica.uol.com.br/ultnot/2010/03/29/com-ex-integrantes-do-oasis-nova-banda-de-liam-gallager-comeca-a-gravar-album-em-abril.jhtm


Como ainda não temos registro de apresentações ao vivo de Liam e CIA, ficamos com essa excelente performance de "Cast No Shadow" nos anos de ouro da banda.

sexta-feira, 26 de março de 2010

Noel se mexe

Ainda bem! Afinal, a vida continua....

Vamos esperar agora a resposta do Liam, quem sai ganhando nessa briga somos nós, que podemos apreciar a qualidade dos dois irmãos em separado, e sem brigas!

quinta-feira, 18 de março de 2010

Slash


A passagem do Guns N’ Roses no Brasil me trouxe na memória outra apresentação, a doVelvet Revolver, que abriu o show do Aerosmith em 2007.

Naquela ocasião o que mais chamou a atenção, fora a banda Aerosmith, é claro! Foi a presença do indefectível Slash.

Cartola na cabeça, cigarrinho no canto da boca, Les Paul lá em baixo, solos teoricamente fáceis, mas que ninguém consegue copiar. Slash simplesmente arrebenta nas apresentações em que faz, independente da banda que o acompanha ou que ele acompanha.

Nasceu Saul Hudson e tornou-se Slash depois de ganhar a sua primeira guitarra e fazer amizade com outro pilar do Guns, Izzy Stradlin. Juntos eles formaram a base musical da banda de Axl e não por acaso depois da saída de ambos o musgo tomou conta do GNR.

Como dito anteriormente o seu estilo, tecnicamente falando, não tem segredos. É a escala pentatônica e suas variações. Porém, junto com isso vem uma dose cavalar de feeling e punch que acabam com qualquer ouvido treinado. Slash consegue com muito pouco fazer muito. E isso é para poucos!!!

Sua grande companheira são as guitarras Gibson, em especial as modelo Les Paul. Junta-se ao time um amplificador Marshall e o círculo está fechado.

Os atuais guitarristas do Guns são três e mostram ter competência técnica de sobra, mas em nenhum momento demonstram a naturalidade, a sobriedade na tocada e no feeling demonstrado por Slash ao longo dos anos de banda. Incomparável.

Slash, do blues ao punk. Rock n’ roll





 

sexta-feira, 12 de março de 2010

Pelo direito de terminar bem a semana

Comecei a minha sexta-feira horrivelmente, mas não quero terminá-la desse jeito, então, pelo direito de terminar bem a semana vai aí uma pílula contra todos os males do mundo, é só clicar no play....

Abraço à todos!

LUTO - GLAUCO

 
"Perdi boa parte da minha história com a morte do Glauco", assim referiu-se o cartunista Angeli à morte do amigo e também cartunista Glauco e de seu filho Raoni, nessa madrugada, em Osasco, depois de uma tentativa de assalto ainda mal explicada.

Posso colocar as palavras do Angeli na minha boca não no que se refere a intimidade pessoal a respeito do Glauco, mas artisticamente. Sou muito influenciado pela obra desse que era um dos mais aloprados dos "Los Três Amigos". Junto com Angeli e Laerte, eles formaram o meu tripé no quesito quadrinho nacional.

Sua obra fluia de forma natural, quase infantil às vezes, mas que nos tocava e fazía-nos refletir com questões importantes da nossa vida.

Seu traço simples escondia a complexidade dos assuntos que tratava em suas tirinhas sempre com muito humor.

A brutalidade do caso choca e nos agride por mostrar o quanto fúteis somos diante da sociedade em geral. Não valemos nada, independente do quanto importante somos para as pessoas ao nosso redor.

Sem saber, Glauco era e ainda é importante para muitas pessoas e as suas tirinhas farão muita falta no meu cotidiano.

Fica aqui os meus pêsames para a família e junto a minha força espiritual para que passem com muita força por esse momento terrível em suas vidas.

......

http://noticias.uol.com.br/cotidiano/2010/03/12/cartunista-glauco-e-assassinado-em-osasco-na-grande-sao-paulo.jhtm

http://www1.folha.uol.com.br/folha/cotidiano/ult95u705881.shtml

http://www1.folha.uol.com.br/folha/podcasts/ult10065u705885.shtml


quinta-feira, 11 de março de 2010

quarta-feira, 10 de março de 2010

Baden Powell - Vídeos

No post anterior tive problemas para postar vídeos do Baden em ação, então, lá vai!

http://www.youtube.com/watch?v=GWQ1boH70BM


http://www.youtube.com/watch?v=Qiv47G_aN4c&feature=related

Baden Powell e a minha ignorância



Ontem minha esposa recebeu um CD da Folha de São Paulo, da coleção 50 anos de Bossa Nova. Era a edição número 4 e o artista de vez era Baden Powell

Ok, abrimos e deixamos de lado. Não é de hoje que o meu interesse por Bossa Nova é ZERO.

Depois, com cuidado, fui abrindo o CD, que veio em formato de livrinho, capa dura, coisa fina, o CD em formato de LP com os riscos das faixas e tudo, uma graça.

Comecei a ler a mini biografia do violonista, escrita por Ruy Castro e me senti tentado a ouvir aquele que intitulam ser o melhor violonista brasileiro e provavelmente do mundo.

Logo na introdução de “Valsa de Eurídice” me senti um ignorante, como não posso conhecer a obra desse homem? Já sabia da existência e da importância de Baden Powell para a música popular brasileira e para o violão mundial, mas NUNCA tinha ouvido uma música sequer desse monstro!

A qualidade técnica, a emoção imposta em cada nota, a perfeição dos acordes... Tudo é tão maravilhoso!

“Apelo” a segunda música do CD é de emocionar, e segue emocionando, alegrando, entristecendo e mais do que isso, entorpecendo a mente com uma qualidade musical que transpõe estilo, idade, gostos...

Ao chegar em “Lamentos” já estou completamente hipnotizado por essa figura, nascida Baden Powell de Aquino em Varre Sai (RJ) no dia 6 de Agosto de 1937 e morto no Rio de Janeiro (RJ) em 26 de Setembro de 2000.

Senhor Baden Powell, minhas sinceras desculpas pela ignorância em simplesmente ignorar o seu trabalho durante tanto tempo. Compensarei esse tempo perdido, prometo...

FAIXAS

1. Valsa de Eurídice
2. Apelo
3. Chuva
4. Deixa
5. Tempo Feliz
6. Lamentos
7. ... Das Rosas
8. Garota de Ipanema
9. Canto de Ossanha
10. Coisa nº 2

Para saber mais, acessem

http://www.badenpowell.com.br/


http://pt.wikipedia.org/wiki/Baden_Powell_(violonista)

terça-feira, 9 de março de 2010

segunda-feira, 8 de março de 2010

Prepare o seu bolso

Via Funchal - SP
http://www.viafunchal.com.br/



B.B. King

19 e 20/ 03 às 21h30

http://www.bbking.com/




Franz Ferdinand

23/03 às 22h00

http://www.franzferdinand.co.uk/




Social Distorcion

17/04 às 22h00

http://www.socialdistortion.com/




Roger Hodgson (Supertramp)

14/05 às 22h00

http://www.rogerhodgson.com/



ZZ Top

20/05 às 22h00

http://www.zztop.com/



Johnny Winter

22/05 às 22h00

http://www.johnnywinter.net/welcome/




Creedence Clearwater Revisited

20/11 às 22h00

http://www.creedence-revisited.com/





Credicard Hall – SP
http://www.credicard.com.br/credicardhall/home/index.htm



Placebo

17/04 às 22h00

http://www.placeboworld.co.uk/




Korn

21/04 às 21h30

http://modlife.com/korn




Moby

23/04 às 22h00

http://www.moby.com/



Trilha Sonora - Férias Frustradas de Verão


James Brennan é um rapaz recém formado que sonha em ser um escritor. Para isso ele almeja uma pós-graduação, mas dificuldades financeiras o impedem.

Para realizar seu sonho ele emprega-se em um parque de diversões falido, o Adventureland do título original. Lá ele encontrará muito mais do que apenas o dinheiro que necessita.

Basicamente esse é o enredo de “Férias Frustradas De Verão”. Comédia dramática baseada no final dos anos 80 (mais precisamente o verão de 1987).

O filme em si é legal, mas passaria despercebido se a trilha sonora não fosse tão boa!

Já começa arrebentando com Here She Comes Now, do Velvet Underground, banda que permeia todo o filme e conseqüentemente a trilha sonora.

Temos ainda The Replacements, Hüsker Du, Bowie (óbvio), The New York Dolls e Yo La Tengo que assina toda a trilha.

Discaço!

Segue abaixo a trilha oficial

1. "Satellite of Love" Lou Reed

2. "Modern Love" David Bowie

3. "I'm in Love with a Girl" Big Star

4. "Just Like Heaven" The Cure

5. "Rock Me Amadeus" Falco

6. "Don't Change" INXS

7. "Your Love" The Outfield

8. "Don't Dream It's Over" Crowded House

9. "Looking for a Kiss" New York Dolls

10. "Don't Want to Know if You Are Lonely" Hüsker Dü

11. "Unsatisfied" The Replacements

12. "Pale Blue Eyes" The Velvet Underground

13. "Farewell Adventureland" Yo La Tengo

14. "Adventureland Theme Song" Brian Kenney & Ian Berkowitz


http://en.wikipedia.org/wiki/Adventureland_(film)

Nota: Mas que diabo de “Férias Frustradas de Verão” tem a ver com “Adventureland”? O título em português mais parece uma continuação dos filmes do Chevy Chase!! Ao assistir ao filme você percebe que Adventureland tem tudo a ver com o contexto da história. Ai, ai Brasil!

quinta-feira, 4 de março de 2010

Trilha Sonora (Prévia) - The Runaways


Acabo de ver a prévia de músicas da trilha sonora do filme The Runaways... Tô louco pra ouvir a Dakota Fanning e a Kristen Stewart cantarem as músicas da banda, isso mesmo, elas é que irão cantar quatro das músicas na trilha!!

No mais fiquei um pouco decepcionado, todos sabemos que não poderia faltar Bowie, Pistols etc, mas.... Poderiam pegar outras músicas dos caras né?

Segue abaixo a trilha

1. Nick Gilder - Roxy Roller

2. Suzi Quatro - The Wild One

3. MC5 - It's A Man's Man's Man's World

4. David Bowie - Rebel Rebel

5. Dakota Fanning - Cherry Bomb

6. The Runaways - Hollywood

7. Dakota Fanning - California Paradise

8. The Runaways - You Drive Me Wild

9. Dakota Fanning & Kristen Stewart - Queens of Noise

10. Kristen Stewart & Dakota Fanning - Dead End Justice

11. The Stooges - I Wanna Be Your Dog

12. The Runaways - I Wanna Be Where The Boys Are (Live)

13. Sex Pistols - Pretty Vacant

14. Joan Jett - Don't Abuse Me

Não sabe quem foram as Runaways? Ok, ok, descubra nos links abaixo

http://www.blogger.com/goog_1268081674835


http://www.blogger.com/goog_1268081674835


http://www.blogger.com/goog_1268081674835


http://br.noticias.yahoo.com/s/03032010/11/entretenimento-cinema-atrizes-cantam-the-runaways.html

Agora que já sabe, babe....





segunda-feira, 1 de março de 2010

Trlha Sonora: "Lords Of Dogtown"




Você gosta de skate? Então é obrigatório que você saiba que são esses três caras, Stacy Peralta, Tony Alva e Jay Adams.

Esses três representantes do Z-Boys, galera da Califórnia surgida do bairro barra pesada Dogtown, praticamente redefiniu a palavra skate e colocou em prática tudo o que vemos nele hoje como esporte. Antes deles skate era somente uma alternativa sobre rodas para os dias sem surfe.

Stacy e Tony fizeram fama e dinheiro com o skate enquanto Jay, o mais gênio de todos sucumbiu as drogas e ao crime, resultados diretos de uma infância difícil e de uma personalidade forte, mas combalida.

Tudo isso pode ser visto nas telas no documentário “Dogtown e Z-Boys” (2001) e no longa de 2005 “Os reis de Dogtown”.

É do longa que tiro essa trilha sonora, recheada de clássicos do final dos 60, passando pelos anos 70 (época em que o filme se passa).

Nela temos um resumo da boa música dessas décadas representada por: Nazareth, Foghat, Sweet, The Allman Brothers Band, Hendrix, David Bowie, T. Rex, Iggy Pop e por aí vai.

Dica: Comece vendo o documentário, com narração do Sean Penn e só depois veja o filme. Nesse meio vá escutando a trilha e se encantando com o que hoje chamamos de “indústria do skate”....


Essa chuvinha que está caindo na capital de SP me deixou meio down nessa manhã de segunda feira, folga do trabalho... Fiquei na cama, sapeando sites sobre nada e nada...

Aí deu fome, levantei, fui botar um som e... Descobri Valley of Neptune, novo (?) single do fantástico Jimi Hendrix.

O Sol saiu na mesma hora!! Pelo menos para mim, a adrenalina subiu no mesmo instante! Como é bom ouvir coisas boas e novas (?). Sim, novas, pois essa é uma das faixas que farão parte do novo álbum de inéditas do deus da guitarra.

Três minutos e cinqüenta e quatro segundos de Sol aqui em casa, então, a chuvinha voltou...